Evangélicos na politica compara Bolsonaro a Jesus
Evangélicos na politica compara Bolsonaro a Jesus
08/05/2019 às 15:08 (Atualizado em 14/06/2019 às 03:41)

Em uma cerimônia para marcar a formatura de novos diplomatas do Instituto Rio Branco, nesta sexta-feira no Ministério das Relações Exteriores, Ernesto Araújo surpreendeu o presidente Jair Bolsonaro ao compará-lo com Jesus Cristo.

No topo de seu discurso, ele usou o termo “pedra angular”, em uma referência extremamente bíblica ao termo empregado em Atos 11: 4: “Este Jesus, a pedra que foi desprezada por vocês, construtores, se tornou a pedra angular”.

Evangélicos na politica compara Bolsonaro a Jesus

Evangélicos na politica compara Bolsonaro a Jesus
Araújo disse que “A pedra que os construtores rejeitaram se tornou a pedra angular do edifício. A pedra rejeitada pela imprensa e rejeitada pelos intelectuais; que os artistas rejeitaram e que os autoproclamados consultores rejeitaram, se tornou a pedra angular do edifício”. , a construção do novo Brasil “.

Perguntado pela imprensa depois se, de fato, a comparação tivesse sido feita, o chanceler disse que a declaração não se aplica apenas a Bolsonaro necessariamente.

“Eu assumo que não é essencialmente apenas ele, por mais verdadeiro que alguém experimente este exemplo, de alguma forma rejeitado e que se torne uma figura central. Suponho que é vital que criemos esse tipo de reflexão”, disse ele.

Bolsonaro, presente na cerimônia, disse que não se sentiu desconfortável e entendeu o que Araujo queria dizer.

“Eu era do clero do fundo do poço, você sabe disso … uma carta fora do bando no melhor nível político do Brasil naquele momento. Eu decidi usar para a realidade acima de tudo. Nós temos uma tendência a chegar. Agora temos a responsabilidade de administrar o Brasil para todos ”, enfatizou o capitão.

marcelo ferreira

Olá sou Marcelo FB sou redator e dono desse site. Sou formado em educação física e adoro escreve matéria para blogs e site atualmente faço artigos para esse site.
Deixe seu comentário